Aqui está o que os locais querem que você saiba antes de visitar o Algarve

Aqui está o que os locais querem que você saiba antes de visitar o Algarve

28 de julho de 2022 2 Por Day Off Club

Ancorado no sul de Portugal, o Algarve é famoso pelas suas praias nas falésias, marisco de dar água na boca e aldeias pitorescas. É também uma região extremamente tranquila, com uma atmosfera acolhedora para todo tipo de viajante.

Embora seja fácil pegar um avião e descer para uma semana espontânea (ou fim de semana), você pode aproveitar melhor sua viagem com um pouco de preparação e aprendendo alguns petiscos culturais antes de chegar. Aqui estão algumas das nossas dicas para uma visita gratificante ao Algarve.  

Decida onde ficar

O Algarve tem muitas facetas, então descobrir onde pernoitar depende de como você planeja passar seus dias neste canto ensolarado de Portugal. Para atividades aquáticas e vida noturna abundante, a vibrante Lagos ganha notas altas por seu amplo apelo. Se está aqui apenas para festejar e deitar-se na praia, Albufeira tem tudo o que precisa. Para uma escapadela mais tranquila perto de belas praias, considere Ferragudo, uma antiga vila de pescadores com muito carácter. 

Embora não seja na praia, a histórica cidade de Tavira fica a um passeio de balsa de uma bela ilha coberta de areia . Na costa oeste, Sagres tem uma sensação de fim de mundo com vistas sublimes das suas imponentes falésias. O noroeste do Algarve tem aldeias encantadoras como a Carrapeteira, situada em terras altas com vista para praias selvagens, e tem alguns excelentes campos de surf.

Depois de decidir para onde ir, reserve com antecedência

A crescente popularidade do Algarve significa que alguns dos melhores lugares para ficar são reservados com meses de antecedência. Isso é especialmente verdade se você estiver viajando nos meses de pico de junho a agosto. Depois de ter seu itinerário organizado, reserve sua hospedagem.  

Faça reservas de restaurantes com antecedência também 

O marisco fresco do barco é há muito uma marca registrada da cena gastronômica no Algarve. Um número crescente de novos restaurantes liderados por chefs renomados está ajudando a transformar a região em um importante destino gastronômico. Outrora um deserto virtual no que toca à alta gastronomia, hoje o Algarve alberga cinco restaurantes com uma estrela Michelin e dois restaurantes (Ocean e Vila Joya) com duas estrelas. 

Para garantir uma reserva nos melhores lugares, reserve com pelo menos algumas semanas de antecedência (se você estiver no Vila Joya, vale a pena ficar no local, já que os hóspedes do hotel têm prioridade para os assentos limitados do restaurante). Se você não planeja jantar nos vencedores do prêmio, reserve com alguns dias de antecedência ou cerca de sete dias antes se estiver planejando uma reserva de fim de semana. O horário nobre do jantar é das 19h às 21h.    

Considere visitar fora do verão

Se você quiser evitar as multidões mais movimentadas, considere vir fora da alta temporada. Em maio e outubro, as altas temperaturas médias diárias ficam em torno de 72 a 74 graus Fahrenheit (22 a 23 Celsius), o que torna alguns dias agradáveis ​​na costa. As coisas esfriam à noite, então você precisará de uma jaqueta, pois as mínimas médias variam de 54 a 60 (12 a 15 graus Celsius). Se você não se importa com temperaturas mais baixas, ainda encontrará sol abundante durante os meses de baixa temporada de novembro a março. Você também pode economizar muito em hospedagem, com muitos lugares reduzindo suas taxas de alta temporada em 30% ou mais.   

Vá verde e viaje de trem e ônibus

O Algarve tem uma linha de comboio que liga Lagos a Este com Vila Real de Santo António a Oeste, com paragens em Portimão, Tunes, Faro e Tavira. Você também pode pegar o trem de Lisboa. A preencher as lacunas está o excelente novo serviço de autocarros do Algarve, chamado Vamus Algarve, que opera várias linhas em toda a região, incluindo um Aerobus (nº 56) do aeroporto de Faro para grandes cidades como Albufeira e Lagos, bem como autocarros turísticos especiais como o 52 EVA Cliffs Line que abrange alguns trechos impressionantes do litoral. Você também pode se locomover por aplicativos de compartilhamento de viagens como Uber e Bolt.    

Leve roupas de praia, mas não esqueça uma jaqueta e algo elegante

As sandálias, as camisas de manga curta e os vestidos de verão não faltam no Algarve. Mas as coisas podem esfriar à noite graças às deliciosas brisas oceânicas, então certifique-se de jogar algumas camadas mais quentes – mesmo em julho e agosto, quando as baixas médias podem cair para cerca de 19 graus Celsius. Embora não haja códigos de vestimenta formais nos restaurantes, os portugueses tendem a se vestir um pouco em lugares mais agradáveis, então certifique-se de incluir algo casual ao sair dos resorts turísticos. 

Estude um pouco de português

Muitas pessoas falam inglês em Portugal, principalmente nas zonas mais turísticas do Algarve. Os locais, no entanto, sempre apreciam os estrangeiros que se esforçam para falar a língua. Aplicativos como o Duolingo são uma das muitas maneiras de começar a aprender o idioma sem sair de casa. Algumas frases-chave podem percorrer um longo caminho. Ao entrar em um negócio, é uma cortesia comum dizer “bom dia” (bom dia) ou “boa tarde” (boa tarde) para as pessoas ao seu redor – uma maneira fácil de garantir que você esteja com o pé direito. 

Aprenda o básico da gastronomia portuguesa

No Algarve, encontrará uma vasta oferta gastronómica, incluindo adegas (restaurantes tipo adega, que muitas vezes servem vinhos directamente da pipa), tascas (restaurantes familiares baratos) e restaurantes facilmente reconhecíveis, que tipicamente aberto apenas para almoço e jantar. A pastelaria é uma forma de arte em Portugal, e não pode deixar de visitar a pastelaria mais próxima onde quer que vá. O pastel de nata é uma das muitas iguarias portuguesas que vale a pena experimentar. 

Além dos cafés, a maioria dos lugares fecha entre as refeições, aproximadamente das 14h30 às 19h. Os domingos também podem ser complicados quando se trata de jantar, pois muitos restaurantes fecham inteiramente durante o dia ou abrem apenas na hora do almoço. Este é um bom momento para ter alguns lanches à mão – de preferência adquiridos no mercado (mercado) mais próximo no dia anterior (já que os mercados também normalmente fecham aos domingos!).  

Os aperitivos não são gratuitos 

Outra parte fundamental do conhecimento culinário é lembrar que nada que chega à sua mesa é de graça. Pão, queijo, azeitonas e, às vezes, outros aperitivos são frequentemente trazidos à mesa logo após você se sentar. Estes são chamados de couvert e nunca são gratuitos. Se você não os quiser, um educado “não, obrigado” (“não obrigado/não obrigrada” dito por um homem/mulher) os enviará de volta para a cozinha. Dependendo do estabelecimento, os preços do couvert podem variar de € 2 a € 9 por pessoa e mais em lugares mais caros. 

Fique seguro enquanto viaja 

O Algarve, como o resto de Portugal, no geral é considerado um lugar muito seguro. As principais preocupações são o furto de carteiras e o roubo de malas, que são mais comuns em áreas turísticas movimentadas. Se você alugar um veículo alugado, não guarde objetos de valor no carro – se for necessário, mantenha-os escondidos no porta-malas. E não deixe seus itens sem vigilância na praia (ou em qualquer outro lugar). 

As correntes oceânicas podem ser fortes e imprevisíveis. Se você planeja nadar, vá às praias com salva-vidas e preste atenção às bandeiras de alerta – verde significa que é seguro nadar, amarelo significa cuidado e fique perto da costa e vermelho significa não entrar.