4 Dicas para controlar as finanças pessoais e conseguir viajar

4 Dicas para controlar as finanças pessoais e conseguir viajar

29 de junho de 2022 0 Por Day Off Club

Para controlar as finanças pessoais, o primeiro passo é saber para onde o seu dinheiro está indo.

Ao saber onde você está gastando seu dinheiro, não só você conseguirá controlar suas finanças, como também evitar muitas surpresas desagradáveis ao final do mês.

Por isso, preparamos para você 4 dicas de como controlar suas finanças pessoais e poder planejar melhor a sua vida financeira e conseguir viajar!

Confira abaixo!

1- Tenha controle sobre os seus gastos: anote tudo para viajar em paz

Sabemos que essa dica já parece batida. No entanto, muita gente ainda insiste em não manter um controle mais rígido.

É muito importante anotar todos os gastos que você tem. E não falo somente dos gastos maiores, mas também daqueles pequenos gastos diários, como comprar um pacote de bolachas, uma lata de refrigerante, ou uma revista na banca.

Por mais que esses valores pareçam irrelevantes, ao final do mês podem fazer uma grande diferença no seu orçamento!

Além disso, ter todo esse controle no papel ajudará a entender onde estão indo os maiores gastos e onde você pode economizar mais.

2- Liquide suas dívidas

Independente de para quem você esteja devendo, liquide suas dívidas. Elas devem ser sua prioridade maior no momento. Principalmente se você estiver devendo para o cartão de crédito, que cobra juros compostos.

Somente com as dívidas quitadas você poderá tranquilizar um pouco a cabeça e seguir com o seu planejado. Assim como o cartão de crédito, você também deve priorizar o cheque especial.

Tanto o cheque especial quanto o cartão de crédito possuem os juros mais altos do mundo no Brasil.

E jamais pense em parcelar a dívida. O melhor é você conseguir dinheiro emprestado com outra pessoa. Parcelar uma dívida de cartão de crédito ou cheque especial é assinar a sentença de morte. Os valores das dívidas podem chegar a triplicar!

E se você não conseguir pagar, isso acaba virando uma bola de neve sem fim, já que os juros são

compostos.

3- Poupe mais para conseguir viajar

É muito importante começar a criar uma poupança, caso você ainda não tenha uma. Não é importante somente para que você consiga atingir sua liberdade financeira, mas também em caso de alguma emergência.

E se você se machucar e precisar ir ao hospital? E se o carro quebrar? E se você for demitido do emprego? Nunca sabemos o que pode acontecer no dia de amanhã. Por isso, é importante que você esteja precavido!

O ideal é que você poupe de 20% a 30% da sua renda mensal. Além disso, é importante que você mantenha uma constância durante todos os meses. Não adianta poupar 20% esse mês e no mês seguinte 10%. Ou pior ainda, tirar o dinheiro da reserva.

Tenha em mente que esse dinheiro deve ser usado apenas em casos de emergência!

4- Não compre por impulso

Estudos apontam que apenas 20% dos usuários que fazem compras online compram algum produto ou serviço em caso de necessidade. Os outros 80% compram baseados em emoção.

Fazer uma compra por impulso é o que mais afeta a vida financeira de uma pessoa. Para evitar esse tipo de problema, comece a fazer um planejamento daquilo que você realmente precisa comprar e daquilo que pode ser deixado para depois.

O mesmo serve, por exemplo, para um supermercado. Pode parecer que não, mas boa parte do dinheiro das pessoas vai em compras no mercado que são desnecessárias. Especialmente em uma época onde tudo está tão caro por causa da inflação, vale ainda mais a pena ficar de olho na sua lista para comprar apenas o que realmente é necessário

Faça um teste com você mesmo. Toda vez que você sentir vontade de comprar algo, espero

no mínimo um mês antes de comprar. Se ao final do mês a compra realmente for necessária, aí sim compre. Caso contrário, evite!

Além disso, seria interessante se você fizesse pesquisas no mercado. Afinal, o mesmo produto pode custar bem menos que o concorrente. Avalie também se as compras à vista dão algum tipo de desconto, o que geralmente acontece em alguns estabelecimentos. Alguns mercados também oferecem um cartão de crédito sem anuidade que oferece descontos especiais.

Conclusão

Só não consegue guardar dinheiro para viajar quem não quer. Com planejamento e organização, você verá como sua vida financeira mudará para melhor.

É tudo uma questão de hábito. Infelizmente, a maioria das pessoas não recebe a educação financeira que deveria desde cedo.

Porém, como eu disse, é uma questão de hábito. Quanto mais você praticar novos hábitos, mais fácil ficará para poupar dinheiro, quitar suas dívidas, ter mais dinheiro para fazer aquilo que quer e atingir sua independência financeira!

Você gostou das dicas de hoje de como controlar suas finanças pessoais para sobrar um dinheiro no final do mês e conseguir viajar? Então aproveite para acessar esse link e conheça os melhores pacotes de viagens com hospedagem para o mundo inteiro!