Parque Barigui - Curitiba/PR

7 Passeios de Bicicleta por Curitiba e região

A bicicleta sempre foi um presente almejado desde a infância, e em diversos países já é um meio de transporte com expressiva representatividade. Por diversão ou para locomoção diária ela está sempre presente no nosso dia a dia.

Pensando nisso, e em nossos amigos curitibanos (ou turistas pela região), separamos alguns passeios de bicicleta por Curitiba e região.

Curitiba não tem uma rede de ciclovias exclusivas, mas tem ciclovias compartilhadas com pedestres (azul), ciclofaixas (roxo) e ruas tranquilas (verde) que podem ser circuladas tranquilamente.

Colocamos esse mapa, disponível no maps: https://www.google.com/maps/d/u/0/viewer?mid=1xV9vMJsAM_gzZziTnLOXg0AhgRM&hl=en_US&ll=-25.45073470970351%2C-49.27054517468264&z=13 . Não encontrei o autor, mas não fomos nós.

Passeios de bicicleta em Curitiba - Mapa de Ciclovias

Mapa de Ciclovias em Curitiba. Fonte: Google Maps

Vou explorar um pouquinho ele para facilitar sua vida, e dar dicas de trechos que já fizemos e aprovamos. Na realidade aprovamos a mobilidade e o passeio de bicicleta, ainda mais por Curitiba que é uma cidade linda.

1 – Praça do Japão até Parque Barigui

Passeios de bicicleta em Curitiba - Praça do Japão

Praça do Japão – Curitiba/PR

Pra quem está na região do bairro Água Verde, um passeio que vale a pena é ir até a Praça do Japão, ainda mais bonita na época da primavera. E a partir dali ir até o Parque Barigui, esse trecho é possível se fazer todo por ciclovias.

O passeio dura em média 25 min de pedalada para ida, com apenas um trecho de subida um pouco mais pesada. São cerca de 6km, partindo da Avenida Sete de Setembro, virando a direita do chafariz da Avenida Mario Tourinho.

Em relação ao destino final, o maior e melhor parque para andar de bicicleta em Curitiba, o Parque Barigui, já falamos bastante dele aqui no blog. No total são 5,4km de ciclovias que dão a volta completa no parque (incluindo a travessia da avenida).

Além de que o parque tem uma boa estrutura para relaxar antes do pedal de volta, tomando uma água de coco, caldo de cana ou comendo um açaí na casa amarela.

2 – Praça do Japão até Jardim Botânico

Jardim Botânico - Curitiba/PR

Jardim Botânico – Curitiba/PR

Ainda partindo da Praça do Japão, vale a pena ir até o Jardim Botânico, é um passeio de cerca de 25 minutos também, com a mesma distância porém com uma variação de altitude um pouco menor, o que deixa o passeio mais leve. Também é possível fazer o trajeto todo por ciclovias.

Além da beleza do destino final, o Jardim botânico, anexo a ele existe o Velódromo. Não precisa ser profissional para aproveitar da estrutura, nossa recomendação é evitar passeios noturnos por lá, a iluminação não colabora para aproveitar bem a pista.

Na volta para casa vale a pena uma parada para um lanche no Mercado Municipal, fica pertinho do Botânico, 2km que podem ser feito em 10 minutos (prepare-se que terá um pouco de subida).

3 – Passeio Público até Museu Oscar Niemeyer

MON - Museu Oscar Niemeyer - Curitiba/PR

Museu Oscar Niemeyer – Curitiba/PR

Ainda pela região central de Curitiba sugerimos partir do Passeio Público, e percorrer mais 2km, esses devem demorar uns 12 minutos pois nesse sentido do passeio há uma subida um pouquinho mais pesada.

Chegando ao Museu Oscar Niemeyer, claro você pode aproveitar e visitar algumas exposição em cartaz e depois ainda descansar no belo gramado que rodeia o Museu e se preparar para o próximo trecho que sugerimos.

4 – Museu Oscar Niemeyer até Parque São Lourenço

Passeios de bicicleta em Curitiba - Parque São Lourenço

Parque São Lourenço – Curitiba/PR

Mais 3km de pedalada, agora sem muita elevação, dá pra fazer em cerca de 10 minutos e agora aproveitar um belo parque, o Parque São Lourenço, com um gramado extenso e ciclovias excelentes.

Ideal para passar a tarde com a família toda, levar as crianças pois o trecho de ida é tranquilo e o ambiente no parque é de tranquilidade.

5 – Ópera de Arame até Parque Tanguá

Ópera de Arame - Curitiba/PR

Ópera de Arame – Curitiba/PR

Partindo do Parque São Lourenço é possível ir até a Ópera de Arame, é apenas 1,2km.

Coloco a Ópera aqui mais como um ponto de passagem mesmo, pois ali não há onde pedalar e para aproveitar o passeio você precisa levar um cadeado e deixa-la no bicicletário, então não esqueça esse acessório.

Saindo da Ópera de Arame, são cerca de 15 minutos pedalando em 2,5km, que em sua rota nem tudo tem ciclovias, porém o caminho não é complicado.

Não está naquele gráfico inicial, mas acho que esse passeio não pode faltar, pois o Parque Tanguá proporciona uma das vistas mais lindas de Curitiba.

Assim como no passeio anterior, não é possível andar por tudo de bicicleta, mas como você já levou o cadeado utilize e explore os mirantes do parque.

Não deixe de ir à parte de baixo e apreciar a vista da bela queda d’água que desce pelo paredão de pedra.

6 – Parque Tanguá até Parque Tingui

Passeios de bike em Curitiba - Parque Tanguá

Parque Tanguá – Curitiba/PR

Não está no mapa inicial esse roteiro, porém é perto e vale a pena esse roteiro também.

O trajeto de ida do Parque Tanguá até o Parque Tingui tem cerca de 4km de distância e primordialmente em descida, que podem ser feito em cerca de 20 minutos.

O Parque Tingui é um parque bem amplo, com gramados para descansar, lago para apreciar e claro ciclovias para passear pelo parque.

Aproveitando que já está ali, vale a pena andar um pouquinho mais, pouquinho mesmo, e visitar o Memorial Ucraniano.

7 – Trilhas para bicicleta em Campo Magro

Lagoa Azul - Campo Magro/PR

Pedreira – Campo Magro/PR

Já falamos de Campo Magro mais de uma vez em nossos textos, e não é atoa, a cidade é colada em Santa Felicidade, com acesso fácil e tem muita coisa pouco explorada por ali.

Num texto falando de passeios de bicicleta ela não poderia ficar de fora, a cidade não conta com ciclovias, é turismo rural mesmo, então para esse passeio você precisará ir de carro até lá ou estar disposto a pedalar bastante e em uma estrada ainda sem acostamento.

Mas chegando lá de carro, as rotas são de estradas rurais pouco tráfego de veículos.

Em nosso texto específico sobre Campo Magro falamos de alguns roteiros, todos eles podem ser feitos de bicicleta, inclusive subir o Morro da Palha, que apresenta maior dificuldade apenas nos últimos 400m.

Uma dica interessante de roteiro é deixar o carro no Posto no centro de Campo Magro, o primeiro que tem na Estrada do Cerne, e a partir dali ir de bicicleta até a Pedreira (Lagoa Azul de Campo Magro).

São cerca de 9km, que podem ser percorridos em 40 minutos, na ida tem mais descidas que subidas, mas na volta as subidas não assustam.

Na volta vale a pena passar pelas Cachoeiras Gêmeas, ficam no caminho de volta, não se preocupe que tem placas sinalizando.

Com certeza existem mais boas opções para andar de bicicleta por Curitiba e região, compartilhe conosco os roteiros que vocês gostam de fazer.

Agora pegue sua bicicleta e bora pedalar pela cidade, caso sua bicicleta esteja estragada procure no site SOS Casa Curitiba que eles tem profissionais para esse tipo de serviço e muito mais.

0 Comentários

Envie uma Resposta

Contato

Dúvidas? Entre em contato conosco

Enviando

©2020 Day Off Club de um desconto para si mesmo! / Criado por:Lab Growth

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?